Empatia

O mundo está evoluindo, estamos na era da informação, a distância não é mais um problema, cada vez mais presentes nas redes sociais, caminhamos em uma estrada que nos distância de pessoas reais.

Eu sou a favor de toda essa evolução, acho que o mundo deve estar conectado, evoluindo e encontrando soluções que nos facilite a vida entretanto a crescente falta de empatia é visível, as pessoas não se escutam nem escutam as outras, o seu problema é sempre mais importante que o do outro, vemos crianças crescendo com adultos completamente desequilibrados emocionalmente e se distanciando do verdadeiro sentido de humanizar, de respeitar, de aceitar o outro.

Mais um dia acordei com minha vizinha gritando às 7:00 da manhã com seus filhos. Fico me perguntando como deve ser uma constante tortura a cabeça dessas duas crianças que você mal ouve a voz!

Saem para sua atividades com uma frase: você é o pior menino da escola, já percebeu que tudo cai da sua mão! A mais velha, que mal fala, escuta outro berro e assim essa família inicia seu dia…

A empatia tornou-se uma palavra linda que muito se fala mas pouco se pratica… infelizmente!

Vamos ilustrar e imaginar um pouco, tranquilo? Imagina uma criança de uns seis anos ativa e cheia de energia.

Um belo dia brincando com o irmão menor, ambos cheios de alegria se desentendem, fato normal entre duas crianças, o menor, com muita raiva, quebra o brinquedo do irmão mais velho, este por sua vez, grita e bate no irmão menor, imitando inclusive, o comportamento dos pais na resolução de conflitos.

Nesse instante… um dos pais que chega para resolver a situação já quase em fase de rebelião… sem sequer avaliar, questionar racionalmente o ocorrido, da uma palmada no mais velho, manda ele para o quarto de castigo para refletir sobre sua atitude…

Imagina o samba do crioulo doido que se instala na cabecinha desse pequeno ser em construção:

É contraproducente bater nas crianças, faz sentido pra você? Se ele não pode bater, no mínimo os pais devem dar exemplo, mostrar como deve ser o modelo!

Como essa criança deve estar se sentindo? Quais sentimentos ela está vivenciando na sua pouca existência? O que levou esses pais a tomar essa atitude?

Essa pequena passagem citada acima eh bem corriqueira e não distante de nós. O que poderia mudar isso tudo? A EMPATIA!

O que é essa empatia? É o poder de se colocar no lugar do outro, sentir a dor do outro como se fosse sua dor e de “ver o mundo como o outro vê, entender, sentindo, o que sente”. Para isso é fundamental que você seja capaz de identificar, reconhecer, assumir, suas próprias emoções para praticar esta habilidade.

Vou listar 3 atitudes para sermos mais empáticos :

  1. Identificar, reconhecer e assumir suas próprias emoções. É necessário identificar se estamos em um bom momento, se estou irado, com pressa, sem paciência, ter autoconsciência na hora de disciplinar nossos filhos. Conseguimos ver nossos filhos chorando e podemos nos colocar no lugar dele, entender sua dor, se pudermos transmitir calma, dar crédito as suas experiências e compreensão emocional estaremos ajudando-os a se acalmar e aprender lidar com as situações.
  2. Escutar o outro com atenção, isento de julgamentos e críticas. Não interrompa a fala das crianças, perceba sua linguagem corporal, respiração, gestos, expressões, postura, esteja presente, silencie sua mente, não adianta estar ali pensando no que tem pra fazer depois… seu filho se sentirá amparado, quando deixamos de criticá-los eles se abrem conosco. Agindo assim eles vão aprender como agir com os coleguinhas, professores e com o mundo!
  3. Demonstre que se importa com eles! Não significa aceitar tudo o essencial é ajudá-los a resolver seus conflitos de forma racional e compreensível. Tenha respeito!

Ah Patricia mas no dia-a-dia não é fácil! Não é mesmo! É um exercício diário que da trabalho, dói e que certamente VOCÊ, também foi programado errado por seus pais e está repetindo modelos… 🤔

Empatia é uma via de mão dupla, quanto mais a praticamos mais seus efeitos positivos ocorrem em diversas áreas da nossa vida.

Quem não sente seguro e respeitado quando uma pessoa esta lhe ouvindo e compreende o que você esta enfrentando? Isto é empatia, ás vezes é tudo que você precisamos concordam?

Pessoas que se auto conhecem tendem a ser bem mais empáticas que as não desenvolveram essa habilidade.

Comece por dentro de vc sempre! O outro em geral é reflexo!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s